terça-feira, 23 de janeiro de 2018

WhatsApp vai passar a cobrar por determinados serviços


O WhatsApp anunciou que terá sua vertente voltada a empresas. O WhatsApp Business deverá chegar no Brasil em breve. O segmento abriu espaço para que a empresa fizesse sua primeira tentativa de monetizar a troca de mensagens na plataforma desde que anulou a anuidade de 1 dólar para consumidores finais.

De acordo com a revista Exame, Anne Yeh, gerente de de comunicação do mensageiro, informou que o aplicativo será gratuito para download. No entanto, vai cobrar por determinados serviços voltados para este mercado. A porta-voz não descarta a possibilidade de cobrar para exibir anúncios no WhatsApp.

“Nossa expectativa é ajudar essas empresas a melhorar seu serviço ao cliente e oferecer uma opção aos nossos usuários para que saibam que estão falando com empresas reais e legítimas”, revela a gerente, sobre o objetivo do lançamento.

Lembrando que as empresas serão classificadas de duas formas pelo WhatsApp. A conta “Confirmed” garante que o número da conta é mesmo da empresa. E o status “Business” revela que a empresa está usando a modalidade empresarial do mensageiro, mas ainda não foi verificada pelo WhatsApp.

“A princípio, a maioria das empresas estará listada como Business Accounts, pois queremos ser atenciosos ao confirmar as empresas para certificar que são autenticas”, diz Anne Yeh.
Com informações da Revista Exame.

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Durante perseguição em Miguel Calmon, Polícia Militar prende elemento com arma e recupera carro tomado de assalto em Jacobina.

No Início da madrugada desta segunda-feira, 22 de janeiro de 2018, a Polícia Militar prendeu um homem e recuperou um veículo Punto de placa OLZ 5337, tomado de asssalto em Jacobina, na noite deste domingo (21).

Segundo informações, dois elementos armados que estavam em baixo de uma árvore tomaram o veículo Punto de asssalto dnoe uma cabeleireira no Bairro Jacobina III, no momento em que a mesma chegava em sua residência.

A Polícia Militar iniciou diligências  e logo em seguida veio a informação de que dois elementos com um veículo com as mesmas características, haviam tentado realizar um asssalto a um posto de combustíveis na cidade de Miguel Calmon, seguindo para a cidade de Piritiba.

Durante diligências, o veículo foi visto pela guarnição Carcará do PETO voltando pela BA 131 para Miguel Calmon, iniciando-se uma perseguição em alta velocidade. Já na Rua Góes Calmon, o veículo Punto teve a caixa de marcha danificada, sendo que um dos elementos conseguiu fugir e o outro acabou sendo preso de posse de um revólver calibre 38.

A Polícia Militar seguiu com o acusado para a delegacia de Jacobina, apresentando-o já por volta das 5:40h da manhã desta segunda-feira, 22, para que seja adotada as medidas cabíveis. 
Fonte: Augusto Urgente!


Julgamento de Lula será crucial para definir cenário eleitoral na Bahia em 2018



O julgamento do recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, agendado para esta quarta-feira (24), é mais do que uma página importante no cenário político brasileiro. O episódio será também um divisor de águas para a campanha eleitoral de 2018 no plano federal, mas com impactos diretos na corrida baiana. 

A presença ou ausência de Lula na disputa pode ser um divisor de águas não apenas para os candidatos, mas também para as coligações no entorno de Rui Costa (PT) e ACM Neto (DEM) – caso este último confirme a candidatura. No caso do petista, Lula é um puxador de votos nato e, na Bahia, tem condições de transferir capital eleitoral com facilidade. 

Com o ex-presidente no palanque, Rui seria catapultado ante uma candidatura pouco competitiva atrelada ao adversário. Além disso, com a candidatura de Lula, partidos como PP e PR, que atualmente flertam com a oposição, marchariam com o PT nos planos federal e estadual, o que manteria Rui confortável com tempo de TV e musculatura política. Apesar de uma nova onda vermelha não ser tão impactante como no passado, uma coalisão de partidos grande tornaria Rui um candidato praticamente imbatível, uma batalha árdua demais para ACM Neto deixar a prefeitura de Salvador para a aventura. 

A questão do PP e do PR, inclusive, impactaria diretamente na articulação política do democrata, que ainda tenta atrair as legendas para o lado dele. Tanto que, quando fala da eventual candidatura ao Palácio de Ondina, o próprio Neto admitiu que o cenário de indefinição em torno de Lula terá influência no processo eleitoral de 2018. Logicamente, ele fazia referência ao plano nacional. Entretanto todos sabem que também queria falar de como a Bahia vai reagir à manutenção ou à mudança da sentença de Sérgio Moro contra o ex-presidente no TRF4. E, se Lula não for candidato, o cenário pode ser ainda mais de difícil previsão. Como já virou usual nas rodas políticas: tudo pode acontecer, inclusive nada. 

Sim, o julgamento de Lula é muito mais importante para o eleitor comum do que se pode imaginar. E para os baianos será crucial para saber como será também a eleição para governador.

Menino sobrevive a espeto atravessado no coração no Pernambuco


Um garoto de 10 anos sobreviveu depois de ter o coração atravessado por um espeto em Pernambuco. O menino caiu de uma escada em cima de um tonel com vários equipamentos para fazer churrasco em Toritama, no agreste do estado. “O espeto acertou em cheio o coração. Geralmente, em casos parecidos, os pacientes chegam aqui em situação gravíssima ou, realmente, nem chegam. Isso é uma situação muito rara. Poucas vezes, vimos algo assim. Eu nunca tinha visto. Foi um verdadeiro milagre”, disse a médica Andrea Rolim ao G1.

O menino foi atendido no Hospital da Restauração (HR), na área central do Recife, na quinta-feira (18), dia do acidente. Ela explica que o próprio espeto serviu para evitar que o garoto sangrasse. “A gente desconfiou que tinha uma lesão cardíaca ou o espeto estava muito próximo do coração. O objeto funcionou como uma compressão. Ele fez o buraco e também tampou essa abertura. Então, não teve sangramento”, explica a cirurgiã.

O fato de ninguém ter mexido no objeto ajudou a salvar o menino, pois qualquer movimento no espeto poderia ter representado a morte dele. O processo para retirada do espeto durou uma hora e meia. “Fomos cauterizando o ferimento à medida que retirávamos o espeto. Tudo com muito cuidado”. Depois de receber alta da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) segue internado no hospital. Ele fará exames para avaliar o coração, mas respira sem ajuda de aparelhos e está bem.

Julgamento do recurso de Lula será transmitido AO VIVO pelo TRF-4


O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) transmitirá ao vivo o julgamento da apelação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na próxima quarta-feira (24). A transmissão acontecerá por meio do canal da corte no Youtube (https://www.youtube.com/user/TRF4oficial).

Geralmente, os julgamentos das 7ª e 8ª turmas criminais não são transmitidos ou anexados aos processos eletrônicos para preservar a segurança dos magistrados e evitar a exposição dos réus. Em situações excepcionais, entretanto, os juízes podem decidir pela transmissão -como acontece, agora, no caso do ex-presidente.

O julgamento começará às 8h30 e não tem prazo para acabar, mas a assessoria do tribunal estima que termine por volta das 15h. Será reservada uma sala no prédio da corte para que autoridades e jornalistas credenciados acompanhem o julgamento por meio de telão. Na sala da sessão somente será permitida a entrada das partes envolvidas no processo e seus advogados.

Lula será julgado em segunda instância seis meses após ter sido condenado pelo juiz Sergio Moro a nove anos e meio de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

Na ação, o petista é acusado de receber R$ 3,7 milhões de propina da empreiteira OAS em decorrência de contratos da empresa com a Petrobras. O valor, apontou a acusação, se referia à cessão pela OAS do apartamento tríplex ao ex-presidente, a reformas feitas pela construtora nesse imóvel e ao transporte e armazenamento de seu acervo presidencial.

O TRF-4 já informou que, caso condenado, Lula só poderá ser preso após a tramitação de todos os recursos. Em caso de condenação em segunda instância, o ex-presidente fica inelegível pela Lei da Ficha Limpa, mas pode se manter na disputa também por meio de recursos. FP/Yahoo

Detentos fazem rebelião na delegacia da cidade de Campo Formoso


Vinte e oito detentos da delegacia da Polícia Civil de Campo Formoso (BA) fizeram uma rebelião por volta das 15h deste domingo, 21 de janeiro de 2018. 

Eles incendiaram objetos e pertences. A ação durou cerca de 3 horas. Parte das celas foi danificada, mas não houve registros de feridos. O Corpo de Bombeiros de Senhor do Bonfim(BA)foi acionado para apagar as chamas.

De acordo com a polícia, os presos se rebelaram após uma tentativa de fuga frustrada. Eles exigiram a presença da imprensa da cidade para negociar o término da ação. 

A reportagem da 98 FM esteve no local, e por motivos de segurança acompanhou a movimentação apenas do lado de fora da cadeia, transmitindo as informações em tempo real.

A operação para conter os presos foi coordenada pelo delegado da 19ªCoorpin de Senhor do Bonfim (BA), Felipe Neri. Mais de 20 homens das Polícias Civil, 6ª BPM, 54ªCIPM e Corpo de Bombeiros participaram dos trabalhos.

Não há dúvida” de que foi crime planejado, diz delegada sobre morte de ex vice-prefeito de Ourolândia



Dois meses depois de prestar depoimento à Polícia Federal, a principal testemunha das investigações que resultaram na prisão do ex-gerente da Transpetro na Bahia José Antonio de Jesus foi assassinada. José Roberto Soares Vieira, 47, foi morto nesta quarta-feira (17) com nove tiros na rodovia BA-522, em Candeias, Região Metropolitana de Salvador.

Vieira era um dos donos da JRA Transportes, empresa que teve como sócio entre 2011 e 2013 o filho do ex-gerente da Transpetro, conhecido como Zangado.

José Antônio de Jesus foi preso provisoriamente no dia 21 de novembro do ano passado na 47ª fase da Operação Lava Jato. Ele foi acusado de receber propinas de subsidiárias da Petrobras por meio de empresas e contas bancárias de familiares. Os recursos, segundo o Ministério Público Federal, seria destinado ao PT da Bahia.

À Polícia Federal, José Roberto Soares Vieira afirmou que a JRA Transportes foi usada por José Antônio de Jesus para receber pagamentos de empresas fornecedoras da Transpetro sem ter prestado qualquer tipo de serviço. Com base no depoimento, o Ministério Público Federal rastreou pagamentos de R$ 2,3 milhões para o ex-gerente da Transpetro.

O depoimento também foi um dos elementos que embasaram o pedido da Procuradoria-Geral da República, acatado pelo juiz Sergio Moro, para que a prisão temporária de José Antônio de Jesus fosse transformada em preventiva, por tempo indeterminado. O ex-gerente da Transpetro está preso há quase dois meses em Curitiba.

Crime

A delegada Maria das Graças Barreto, titular da delegacia de Candeias, que comanda as investigações, disse à reportagem que “não há dúvida” de que a morte de José Roberto Soares Vieira foi vítima de crime planejado.

Segundo as investigações, o homem que o matou foi à sede da transportadora à procura de Vieira nos últimos dois dias e informou a funcionários que estava oferecendo serviços para capinar e limpar o terreno da transportadora.

Por volta das 11h40 de quarta, o homem abordou Vieira quando ele entrava na empresa, o atingiu com nove tiros e fugiu.

Testemunhas também afirmam que Vieira andava preocupado com sua segurança. Horas antes de ser morto, ele deixou seu carro em uma revendedora em Salvador. O objetivo seria comprar um novo automóvel, com vidros blindados. No momento em que foi morto, ele estava em um carro locado.

Segundo a delegada, a polícia trabalha com três linhas de investigação: queima de arquivo, vingança e crime político, já que a vítima era filiada ao PT e foi vice-prefeito da cidade de Ourolândia, norte da Bahia, entre 2013 e 2016.

O esquema

As investigações do Ministério Público Federal apontam que o ex-gerente da Transpetro usou familiares e intermediários para receber R$ 7 milhões em propina da empresa de engenharia NM, fornecedora da Transpetro, entre setembro de 2009 e março de 2014.

Segundo os procuradores, o ex-gerente teria pedido, inicialmente, o pagamento de 1% do valor dos contratos da NM com a Transpetro como propina, mas o acerto final ficou em 0,5%. Esse valor teria sido pago mensalmente em benefício do PT.

Para dissimular e ocultar a origem ilícita dos recursos, o valor teria sido pago por depósitos realizados em contas bancárias de terceiros e familiares, vindo de contas de titularidade da empresa de engenharia NM e de seus sócios.

José Antônio de Jesus é investigado pela prática dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.