domingo, 19 de fevereiro de 2017

Santaluz: Cigano é preso após atropelar ex-companheira e guarda municipal que tentava ajudar vítima após discussão

DOMINGO, 19 DE FEVEREIRO DE 2017

O cigano Iago Almeida Mota, 18 anos, foi preso após tentar atropelar sua ex-companheira Caroline Souza Silva, 19, e um agente da Guarda Civil Municipal, na Rua Rosendo Lopes, em Santaluz, no fim da noite deste sábado (18), por volta das 23h45.

De acordo com a Polícia Militar, testemunhas informaram que o atropelamento teria sido motivado por uma discussão entre o cigano e a jovem. Ainda de acordo com a corporação, após o desentendimento com o ex-companheiro, a jovem tentou deixar o local em uma motocicleta com ajuda do guarda municipal, que estava de serviço, mas ambos foram atingidos por um veículo Strada, de cor prata, conduzido pelo cigano.

As vítimas foram socorridas para o hospital da cidade. O guarda municipal, que prefere não se identificar, teve fratura no pulso, foi medicado e liberado em seguida. A jovem sofreu cortes na cabeça, levou pontos e permaneceu internada em observação até início da manhã deste domingo (19), quando foi liberada.

Localizado em casa por uma guarnição da Polícia Militar, o cigano foi preso e encaminhado para a delegacia da Polícia Civil. De acordo com a PM, ele não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
Fonte: Notícias de Santaluz. 

Traição e morte no reino dos chimpanzés
Intrigas, disputas por poder, alianças desfeitas, ataques conjuntos. A incrível história do primata morto pelo próprio grupo mostra como os animais se parecem com os humanos
Foudouko não era um chimpanzé comum. Seu comportamento extremamente agressivo e amedrontador havia lhe valido o apelido de “Saddam”, dado pelos estudiosos que acompanhavam a vida de seu grupo, composto por cerca de trinta outros primatas, em Fongoli, no Senegal. Era uma referência ao ditador iraquiano que durante 24 anos tiranizou a população de seu país. Foudouko não teve uma morte comum. Foi atacado por seu próprio bando com ferocidade impressionante e depois teve parte de seu corpo canibalizado. O que aconteceu a ele – durante a vida e a morte – é tão raro que sua história mereceu um relato na edição de janeiro do International Journal of Primatology, a mais importante publicação da área da primatologia.
O chimpanzé assumiu o comando do grupo em 2005. O posto é obtido em disputas que levam em consideração a força do proponente e sua capacidade de fazer alianças. Foudouko teve como seu segundo o primata Mamadou. Nas sociedades de chimpanzés, é assim que funciona. Todo líder tem seu auxiliar (macho beta), escolhido pelo poder de proteção ao comandante e intensidade da relação. Isso pode ser observado, por exemplo, pela quantidade de tempo em que eles fazem a catação. Nesse processo está mais do que catar piolhos um do outro. Está a manifestação de vínculo entre os envolvidos, assim como abraços e beijos dados uns nos outros. O macho beta oferece apoio, mas usufrui de benesses, como o direito de copular com uma fêmea no cio depois que o comandante tiver acasalado com ela.
Permanecer no poder exige do macho alfa habilidade para manter aliados e apaziguar o grupo. “É uma sociedade complexa e complicada”, diz o etólogo Eduardo Ottoni, da Universidade de São Paulo. “Ficar no comando envolve muita política.” Em Foudouko essas qualidades não eram assim tão presentes. O primata governou o bando na base do terror, assustando mais do que pacificando.
48
Sua liderança durou três anos. Em 2007, Mamadou sofreu um grave ferimento na perna, deixando ele e Foudouko vulneráveis. Um ano depois, os machos jovens tiraram Foudouko de vez e o expulsaram do bando. Iniciou-se um exílio que durou cinco anos. “Não há registro de outro chimpanzé que tenha vivido tanto tempo longe do seu grupo”, afirma Jill Pruetz, da Universidade de Iowa. Ela acompanha o bando de Foudouko desde 2001 e é a autora do artigo recentemente publicado.
Embora afastado, o chimpanzé ficou por perto. Era sempre visto próximo do bando, na época liderado por David, irmão de Mamadou. À exceção dos dois irmãos, os outros primatas rechaçavam tentativas de aproximação. Até que em junho de 2013 os animais se organizaram para o ataque ao ex-líder. Os sons emitidos pelo bando foram ouvidos longe, no acampamento onde estavam os cientistas, inclusive Jill, acamada por conta da malária que havia contraído.
Quando um de seus assistentes, Michel Sadiakho, chegou ao local, não acreditava no que via. Foudouko, então com 17 anos, jazia no chão com as marcas da agressão. Mordidas e arranhões em duas patas, indicando que havia sido imobilizado para que os outros pudessem bater. Passado o clímax, os animais canibalizaram partes do corpo de Foudouko. Mamadou e David, os aliados, não participaram da matança.
FAMÍLIA SOPRANO
Não se sabe o que motivou reação tão agressiva. O ataque pode ter sido uma resposta à tentativa de Foudouko de copular com fêmeas ou uma manifestação de força dos animais jovens. O fato é que duas características tornaram especial a morte do chimpanzé: ser morto pela própria comunidade – antes, havia apenas oito registros de casos assim – e a extrema violência aplicada, incluindo o canibalismo. “Isso foi muito incomum”, disse à ISTOÉ o pesquisador Michael Wilson, da Universidade de Minnesota. “Tudo o que aconteceu me fez lembrar Família Soprano”, afirmou, referindo-se à série que conta a história nada tranquila de uma família de mafiosos americanos.
Considerando-se que 99% do DNA de homens e chimpanzés é exatamente igual, a comparação não é de todo descabida. Especialmente quando se analisa a trama que envolveu a morte de Foudouko: briga pelo poder, por fêmeas, traição dos mais jovens, alianças desfeitas, ataques coordenados. Não é difícil encontrar várias situações iguais na sociedade humana.

Vídeo mostra assassinato em Miguel Calmon
Uma câmera de segurança flagrou o momento em que Dário Almeida Souza Neto, 30 anos, foi assassinado em uma quadra poliesportiva na cidade de Miguel Calmon. O crime aconteceu na noite da última quinta-feira (16), por volta das 20h16.

Nas imagens, Neto, como era conhecido, está sentado junto ao alambrado da quadra quando um homem chega caminhando e atira várias vezes. Outros dois aparecem pouco depois na e também abrem fogo contra a vítima. Neto ainda tentou correr, mas foi atingido por vários tiros e morreu no local do crime.

Veja o vídeo:



Outras três pessoas, entre elas uma criança, também foram atingidas por balas perdidas. Todas foram socorridas para um hospital em Miguel Calmon. A motivação e autoria do crime são desconhecidas.
Homem é encontrado após cair de moto na Cachoeira do Aníbal na BR-324 em Jacobina
Nesta noite de sábado, 18 de fevereiro de 2017, por volta das 19h30, um homem identificado como Lorivaldo de Jesus, natural de Cachoeira Grande,  57 anos, foi encontrado caído por "Nem da ambulância do Junco", no meio da pista, após bater na ponte da Cachoeira do Aníbal, BR-324 em Jacobina.

Até a conclusão destá matéria não foi encontrado nenhum parente da vítima, que foi socorrida para o Hospital Municipal Antônio Teixeira Sobrinho em Jacobina.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

BAHIA: Homem reage a assalto e mata ladrão com tiro na cabeça
Fonte: Recôncavo News.

Por volta das 18h, desta segunda-feira (13) Luzimarcos de Oliveira, de 27 anos, foi baleado durante uma tentativa de assalto na Rua Guarapari, no bairro Verde Horizonte, em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, segundo informações do site Bahia no Ar.
 
Segundo informações da Central de Polícia, publicadas pelo Correio, testemunhas contaram que o rapaz estava praticando roubos no local e uma vítima acabou reagindo e atirando contra ele. O suspeito foi atingido por tiros na região posterior da cabeça e socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Geral de Camaçari (HGC), mas não resistiu.
 
Policiais militares do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM/Camaçari) foram acionados pelo Centro Integrado de Comunicações (Cicom) com informações de uma tentativa de assalto. Os PMs realizaram rondas e buscas na região a procura do autor do disparo, mas ninguém foi preso.
14/02/2017 15h53

Homem é preso por abusar de jovem com deficiência mental em Santaluz

Um homem identificado como Gilberto Dantas de Sousa, de 43 anos, foi preso por policiais militares da 5ª Companhia do Décimo Sexto Batalhão no início da tarde desta segunda-feira (13), no povoado de Tombador, zona rural de Santaluz. Segundo a PM, ele teria violentado sexualmente uma jovem de 25 anos, que é portadora de deficiência mental. 

Conforme a corporação, o crime foi cometido dentro da residência da vítima. Um irmão da jovem contou a polícia que ao chegar em casa, por volta do meio-dia, a encontrou nua dentro do quarto com o homem, que fugiu em seguida. Após serem acionados, os militares fizeram buscas pela região e encontraram Gilberto, que segundo a polícia, confessou ter praticado o abuso. Ele foi preso e conduzido juntamente com a vítima e a testemunha para a Delegacia de Polícia Civil da cidade. O homem foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável e encaminhado à delegacia de Valente, onde permanecerá à disposição da Justiça. 
Fonte: Notícias de Santaluz

Senado vota na terça, em primeiro turno, PEC que legaliza vaquejadas e rodeios

O Plenário do Senado deve votar na terça-feira (14), em primeiro turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 50/2016) que legaliza as vaquejadas e os rodeios. A PEC estabelece que a prática deve ser regulamentada por lei para assegurar o bem-estar dos animais.

Para o relator da matéria na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado (CCJ), senador José Maranhão (PMDB – PB), a vaquejada é uma opção de cultura e lazer e movimenta a economia, principalmente no Norte e Nordeste.
Reportagem de George Cardim, da Rádio Senado.

Corpo de João Marinho Nunes Neto será sepultado às 16h desta terça (14) em Jacobina

O corpo de João Marinho Nunes Neto, 34 anos, conhecido como Nené, será sepultado às 16h desta terça-feira, 14 de fevereiro de 2017, no Cemitério Jardim da Saudade em Jacobina.

Nené que foi vítima de um infarto fulminante em sua residência no Bairro da Missão no final da tarde de ontem, sofria com problema cardíaco.

Familiares enlutados comunicam o corpo está sendo velado na Sala de Velórios na Rua Paulo Bento de Souza, no Bairro Félix Tomaz, ao lado do Cemitério Jardim da Saudade.
Fonte: Augusto Urgente!

Mãe divulga carta da filha que cometeu suicídio após bullying e estupro

TERÇA-FEIRA, 14 DE FEVEREIRO DE 2017

Mãe de uma jovem que cometeu suicídio aos quinze anos, a australiana Linda Trevan divulgou uma carta da filha em que ela acusa colegas de sala de bullying e estupro coletivo em Melbourne, na Austrália. Quando tinha treze anos, Cassidy foi alvo de bullying e enganada por colegas e levada até uma casa, onde foi abusada sexualmente por dois estudantes que ela não conhecia. "[E enquanto isso] as colegas que a levaram até lá simplesmente sentaram e esperaram. Os dois abusaram dela, enquanto outro guardava a porta", diz Linda ao News.com.au. 

Linda ainda relata que a filha sofreu com pesadelos, insônia, ansiedade e ataques de pânico após a violência. Cassidy chegou a mudar de escola para escapar do bullying e do trauma, mas começou a ser perseguida nas redes sociais e nas ruas. De tão abalada, ela acabou se matando dois anos depois. 

A carta foi encontrada pela mãe no laptop da filha, que divulgou as últimas palavras da filha para chamar atenção para impunidade do caso. Em um trecho, Cassidy afirma que sua intenção não é se vingar, mas alertar outras pessoas para o que aconteceu com ela para evitar que isso ocorra com outas pessoas.
"Me preocupa que se eles puderam fazer isso comigo, eles podem fazer com outros jovens também, ou pelo menos tentar. Você realmente tem o poder de impedir que isso aconteça", apela. "Mas também estou fazendo isso por mim. Depois de 1 ano e meio, eu quero, finalmente, ser deixada em paz. Ainda continuo recebendo mensagens, de estudantes que eu nunca conheci, me chamando de vadia. Eu mudei de escolas, mudei de casa e continuo sendo encontrada e ofendida. Eu não posso impedir que as pessoas espalhem rumores, mas pelo menos eu posso tentar contar o que realmente aconteceu, já que as pessoas continuam falando sobre isso de qualquer forma. Mas, como eu disse, isso é muito mais pelos outros estudantes que estão em perigo com esses alunos. Meu nome é Cassidy Trevan, e eu fui estuprada. Se alguém algum dia tentar isso com você, confie em mim: vale a pena lutar. Lute. Senão, você irá se arrepender disso pelo resto da sua vida assim como eu. Você pode fazer isso". 

Em nota, o departamento de educação da cidade de Vitória lamentou o caso e disse que os funcionários das escolas são orientados para dar suporte a qualquer aluno que mostre que precisa de ajuda. Com a repercussão do caso, a mãe da jovem informou que continua tentando que os estudantes, que não foram identificados, sejam punidos pelo estupro que levou ao suicídio de Cassidy. Fonte: Uol.

Homem mata mãe oito anos após assassinar o pai em São Paulo

Oito anos após matar o pai, um homem foi preso no último sábado (11) após matar a mãe em Osasco, na Região Metropolitana de São Paulo. Segundo informações da Band TV, Wengly Toledo Machado, de 27 anos, foi preso após ir até um salão de cabeleireiro e confessar que havia assassinado a mãe, Rosimeire Fátima de Toledo, de 51 anos, horas antes. A polícia encontrou o corpo da vítima em uma cama, com um corte profundo no pescoço. Ainda de acordo com a Band, ambos homicídios foram motivados pelo uso de drogas. Wengly chegou a cumprir cinco anos de prisão pela morte do pai, foi solto, e começou a residir com a mãe. Ele ficou detido na Cadeia Pública de Ocasco.
Informações da Band

Filho mata a mãe com tiro acidental e depois atira contra vizinhos

TERÇA-FEIRA, 14 DE FEVEREIRO DE 2017

Um homem identificado como Francisco da Silva Ferreira, 30 anos, conhecido por "Nem", matou a mãe, a dona de casa Valdete Anália da Silva Ferreira, 55, com um disparo acidental de uma espingarda artesanal, e depois atirou nos vizinhos, João Ferreira dos Santos, 53, e o filho dele, Itamar Ferreira dos Santos, 19, em Morro Branco, povoado de Andorinha, município a cerca de 420 quilômetros de Salvador. Segundo informações da polícia, a vítima estava tentando impedir que o filho saísse com a arma para atirar nos vizinhos. O crime aconteceu no sábado (11), e o homem foi preso em flagrante.

Ainda de acordo com a polícia, "Nem" estava em um bar bebendo com os vizinhos quando eles se envolveram em uma discussão. Ele foi até a casa onde mora com os pais para buscar uma arma, mas foi contido por parentes. Nesse momento, o disparo acertou a mãe dele acidentalmente.

Enquanto familiares prestavam socorro à vítima, "Nem" recarregou a arma e foi atrás dos vizinhos. Ele baleou um homem de 53 anos, e o filho, de 19, antes de ser contido por populares. A Polícia Militar foi acionada durante a confusão e realizou a prisão em flagrante.

Os vizinhos, pai e filho baleados, foram socorridos para um hospital em Senhor do Bonfim, a cerca de 40 quilômetros do local do crime, e não correm risco de morte. A mãe do homem preso não resistiu ao ferimento. 

O homem foi transferido para a delegacia de Senhor do Bonfim, onde segue preso até a manhã desta terça-feira (14). Ele prestou depoimento sobre o crime, mas não entrou em detalhes sobre o motivo que iniciou a discussão com os vizinhos. CDP

Caldeirão Grande:Policia prende homem acusado de roubo de celulares na feira livre

Após receber denuncia da Sra Apoliana Souza da Cruz de 31 anos, que mais uma vez o ladrão de celular estava agindo nas imediações da feira livre em Caldeirão Grande, na manhã de segunda- feira(13),sendo identificado como: Reginaldo Gonçalves de Assis de 31anos ,e teria tentado tomar o celular da mesma, o acusado estava a bordo de uma moto azul, camisa, branca, de chinelo e capacete rosa, fato ocorrido por volta das 9:00H.

Policiais militares realizaram varias rondas à pé, pela feira e em ruas do centro no intuito de surpreender o acusado, quando se deparam com o mesmo, pelo fato de ele esta motorizados evadiu-se. Os policias seguiram em diligências por toda área urbana quando em um bairro periférico deparamos novamente com o elemento que mais uma vez conseguiu fugir após outra diligências por estradas vicinais quando já por volta as 11:20 a guarnição se deparou com o tal elemento na proximidades do povoado de Boqueirão e dessa vez não teve como escapar sendo preso e conduzido .

Segundo a Policia três vitimas já reconheceram o acusado como também a moto que ele estava. Salientando que ele arrancou a placa da moto e no momento da abordagem e escondeu dentro das calças. Segundo ele, reside no povoado de KM 30, a policia esta no aguardo do Delegado para confeccionar os procedimentos. Espaço  Aberto 

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Mais notícias sobre o Homicídio em Ourolândia

Sharing is caring!
Voltamos com mais informações sobre o Homicídio que aconteceu na noite desta sexta feira dia 10 em  Ourolândia.
O nome da vítima e José Nilton Dimas Dantas e 47 anos funcionário publico,  o mesmo trabalhava como zelador do Hospital Municipal de Ourolândia.  E foi alvejado com quatro disparos de arma de fogo foi socorrido mas não resistiu os ferimentos e  veio a óbito.
O corpo de Samango como é conhecido foi levado para o IML de Jacobina e depois sera liberado para o sepultamento. A PM esteve no local e busca prender os suspeito.